quinta-feira, 25 de junho de 2009

distorção

“forma nada mais é que a intenção do contexto”



a

con/tenção

do

texto

que

nada

mais

in/forma:


é.


3 comentários:

chrisiana disse...

a
do
rei

:)

Eduardo Araújo disse...

Eu já passei num blog de uma poeta, e lá tinha um comentário seu, e disse num só post para você e para ela que ambos almejam o impossível da poesia:

o silêncio superlativo das entrelinhas.

Cleyton disse...

vc
é
poesia
pura.
E
misturada.